Notícias

Benefícios do consórcio de máquinas agrícolas

Image default

 

Benefícios do consórcio de máquinas agrícolas

Uma das dificuldades dos empresários do setor de transporte é capaz de renovar a frota de veículos, com um bom custo-benefício. Na maioria das vezes, as taxas cobradas são altas e os juros, muito altos. No entanto, há uma alternativa: o consórcio de máquinas agrícolas.

Esta é uma tendência que vem crescendo cada vez mais. Um estudo da Associação Brasileira de Administradores de Consórcios (Abac), com dados de abril de 2017, apontam para que este modo de aquisição voltada para veículos pesados registrou uma alta de 20,1% na comparação com o mesmo mês do ano anterior.

Como funciona:

Esta modalidade destina-se a pessoas jurídicas, isto é, as empresas se tornam participantes e são parte de um grupo. A operação do consórcio é bastante semelhante à da pessoa jurídica. É possível adquirir os produtos sem pagar taxas de juros e, com um valor total menor do que o do financiamento comum.

A  documentação exigida pode variar. A solicitação é feita somente após a contemplação e, geralmente, inclui a estrutura da empresa e comprovação da capacidade de honrar os compromissos. Ainda, é importante notar que a burocracia é menor do que de outras modalidades.

Finalmente, a contemplação acontece da mesma forma, através de sorteio ou lance. O prazo de pagamento pode variar de 60 a 150 meses, e o valor da parcela varia de acordo com o valor correspondente à carta de crédito.

De acordo com dados da Abac 2015, a duração média do período de pagamento do consórcio de máquinas e implementos agrícolas é de 104 meses, com uma taxa mensal de 0,125%. A quantidade média disponível para que o crédito é de r$ 181 mil.

Vantagens do consórcio de máquinas agrícolas

Em resumo, a participação em um consórcio é uma forma de manter a frota renovada e atualizada. Para o planejamento de médio e longo prazo, é possível atender o seu objetivo e obter vários benefícios. Confira, a seguir, alguns deles:

Oportunidade de geração de capital de giro

Este montante deve ser usado para o funcionamento diário da empresa e, portanto, deve ser mantido. No entanto, a compra de uma máquina agrícola pode prejudicar a esta reserva financeira. O consórcio resolve este problema, porque ele permite que você para adquirir uma cota sem dar de entrada e, consequentemente, sem mover em valor. Com isso, também é possível traçar uma estratégia de médio e longo prazo para renovar toda a frota. O resultado é o pagamento de um valor inferior ao que normalmente são cobrados em um financiamento, com a preservação de capital.

Garantia de menor preço para o item

O mercado para a venda de máquinas agrícolas cresceu em 2017. De acordo com informações do site Globo Rural, 80% dos contratos de compra são feitas com linhas de juros do BNDES, que está em 8,5% ao ano. No entanto, há a opção de o financiamento ser feito por Crédito Direto ao Consumidor, com a taxa de 17% ao ano.

No consórcio não há cobrança de juros. Você não paga absolutamente nada ou precisar de dar entrada. O foco é a taxa de gestão, que é normalmente cerca de 1,5% ao ano, de acordo com o Canal Rural — uma porcentagem muito menor se comparado com o BNDES, inclusive. Além disso, o pagamento pode ser feito em até 10 anos (120 meses), ao contrário do financiamento, o que, na maioria dos casos, é de apenas 6 anos de idade.

Atualização constante das máquinas

O sistema de consórcio para a aquisição de máquinas agrícolas, que permite que você faça um planejamento adequado, que considere o plantio, a necessidade de renovação da frota e a demanda pelo aumento de capital social. Você pode comprar uma ou mais cotas, conforme a sua necessidade, e aguardar a contemplação.

Quando possível, você pode dar um lance para antecipar a contemplação de um dos equipamentos e manter o pagamento de outras quotas. Assim, você substitui as máquinas para poucos, e garante que todos permaneçam em operação, e atualizado.

Em outras palavras, você faz uma compra programada, porque você pode comprar equipamentos com maior tecnologia e que traz os melhores resultados. De quebra, ele não perde o seu poder de compra. Depois de tudo, o valor da cota é atualizado sempre que o preço do bem também é renovado. Esse recurso traz mais poder de compra e negociação.

A diversidade na forma de pagamentos

O consórcio de máquinas e implementos agrícolas, oferece diferentes formas de pagamento para os participantes do grupo. Esta particularidade faz com que originou a sazonalidade das culturas. Como resultado, o pagamento pode ser feito de 3 maneiras:

  • normalmente: as parcelas mensais são pagos de acordo com o plano adquirido pelo produtor;
  • por cultura: os pagamentos ajustados para o período de colheita. A descarga pode ocorrer a cada 3 ou 6 meses, ou até mesmo anual;
  • parte: o valor pago é apenas parcial, correspondente a 50%, e há reforços a cada 3 ou 6 meses.

Negociação de descontos

A contemplação da carta de crédito libera dinheiro para ser usado para ler. Desta forma, você pode obter mais descontos na hora da compra. O poder de barganha é maior, o que permite que você para negociar um melhor preço e/ou algum benefício extra.

Esta vantagem pode ser obtida até mesmo em tempos de crise. Nesses momentos, o consórcio é, geralmente, uma opção cada vez mais viável pelo valor reduzido da propriedade, o que permite que a empresa continue atualizando, ao mesmo tempo que espera a retomada do crescimento.

 

Related posts

Empresa Perfarm lança Software rural totalmente gratuito para os Agricultores

Hgfleks turbina as Máquinas Agrícolas e Evita perda de Grão em até 70%

Produtores Descobriram Novo Método Que Faz Aumentar 3 x o Lucro na Primeira safra

Leave a Comment

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. aceitar leia mais

Privacy & Cookies Policy
error: Content is protected !!