Dicas

Como otimizar a lavoura com o uso de drones

Image default

Drones abrem novos mercados para setor agrícola, que já é responsável por 50% dos negócios com esses equipamentos no Brasil.

 

Entre as inovações tecnológicas, estão os drones agrícolas, que se tornaram indispensáveis para a agricultura de precisão, ou agricultura inteligente. Os drones utilizam tecnologias avançadas no gerenciamento das plantações com a finalidade de aumentar a produção sem comprometer a qualidade.

Giovani Amianti é  CEO da brasileira XMobots, uma das pioneiras no mercado de drones para agricultura. Giovani menciona que os avanços da nova tecnologia no mapeamento das áreas agrícolas podem ser considerados uma revolução.

Como a agricultura tem se automatizado, os drones ingressam no mercado para agregar junto ao time da agricultura de precisão. Portanto a sua finalidade é de minimizar custos e maximizar a produção em um mesmo talhão dentro da propriedade, entre outras funções.Estima-se que o seu uso na agricultura gera uma economia de 30 a 60% para produtor.

Leia o artigo sobre os 13 aplicativos para agricultura grátis que otimizam a sua gestão agrícola.

Conheça os benefícios:

Estima-se que a possibilidade de se obter um bom retorno financeiro com a ideia é muito grande, já que a utilização de drones no setor agrícola no Brasil cresce bastante. Um dos fatores para tal crescimento é o aumento na produtividade e redução nos custos da agricultura.  Além disso,  proporciona muita comodidade e segurança ao produtor.

Os drones possuem a enorme vantagem de voar muito mais perto do chão que as demais tecnologias como aviões e helicópteros. Isso garante que as imagens possuam melhor qualidade, o que possibilita o conhecimento da quantidade de plantas existentes, detecção de áreas de menor densidade e a otimização do replantio.

O equipamento  permite também  mapear propriedades, verificar estágio de plantio, identificar pragas e até mesmo pulverizar pontos específicos que estejam com ervas daninhas.

Os dados coletados por sensores, além de serem mais precisos, fornecem flexibilidade para executar coletas de acordo com cronograma da fazenda. Portanto não precisa se preocupar se dia está nublado o que torna a oportunidade para solucionar um desafio do homem do campo: tornar a pulverização mais precisa e segura.

 

Aplicabilidade:

As aplicações dos drones são inúmeras:

Com softwares de reconhecimento de imagem é possível identificar falhas e até contar a quantidade de plantas.

Combinados com câmeras especiais dá pra ir mais longe e identificar desde a deficiência de nutrientes até a presença de pragas específicas.

Uma câmera termal diz o momento exato de irrigar a plantação novamente; e com a ajuda de sensores a laser é possível saber a altura das plantas e inclusive a quantidade aproximada de frutos.

Além disso, utilizando os drones para agricultura de precisão, será possível obter indicadores específicos a respeito da saúde do plantio. Isso possibilita que o produtor consiga identificar anomalias (independentemente de quais sejam), tomar decisões e monitorar com mais rapidez e eficiência os resultados.

 

Pulverização com drones

O uso de drones na agricultura pode ir além do mapeamento e monitoramento aéreo da cultura.

O drone pulverizador, considerado uma RPA (Remotely Piloted Aircraft) com a capacidade de armazenar e pulverizar defensivos agrícolas, é muito interessante e tem sido uma tecnologia cada vez mais comum em propriedades altamente tecnificadas.

No entanto, por questões de segurança, o operador deve seguir as normas da ANAC, principalmente a RBCA 137 e a RBCA 175. Estas regras regulam, respectivamente, a certificação e os requisitos de operação para operações aeroagrícolas e o transporte de produtos perigosos em aeronaves civis.

Funcionamento da pulverização com drones

A pulverização com aviões não tripulados é semelhante ao uso de pulverizadores uniporte ou de arrasto, mas podem ser feitas com ou sem a ajuda de um controlador.

Primeiro é feita a avaliação do objetivo e a fase da cultura.

Em seguida, define-se qual é o pico que será utilizado, a forma do jato e o fluxo adequado.

Em seguida, a preparação da cola se realiza da mesma forma, respeitando a ordem de adição dos produtos no tanque de acordo com suas formulações e essas concentrações.

Os aviões não tripulados para a pulverização têm sensores de micro-ondas nas laterais e na frente que mede as variações do terreno.

Além disso, os drones têm de algoritmos em seus sistemas que permitem a liberação da quantidade correta de produto, a altura e velocidade ideais. Assim, os aviões não tripulados, proporcionam o máximo de economia e precisão.

 

Vantagens do drone para pulverização

Aplicação em áreas de difícil acesso

Esta é, talvez, a maior vantagem da utilização de um drone pulverizador. Isso porque, para algumas espécies,  podem ser cultivadas em altas declividades ou em terraços nas encostas dos morros.

Este fato prejudica a pulverização com tratores ou aviões, portanto o acesso com aviões não tripulados, em alguns casos, é a única alternativa.

+ Economia de produtos

Com a ajuda de aviões não tripulados de mapas e software,  é possível realizar a aplicação apenas nas áreas em que há uma necessidade real.

O operador pode programar a aplicação somente nas áreas de interesse, de acordo com os dados gerados os mapas de fertilidade ou a sanidade.

Isto leva a um menor consumo de produtos, maior economia de combustível e evita a entrada de máquinas na agricultura. Assim, a compactação do solo é minimizada.

drone pulverizador

Pouco contato do produtor com os agroquímicos

Além da maior velocidade de aplicação (em torno de 40 a 100 vezes mais rápido do que a pulverização manual). O produtor tem um menor contato com as partículas do produto.

No entanto, sempre que há manipulação de agroquímicos, recomenda-se a utilização de EPI completo para evitar a contaminação pelas vias respiratórias ou por contato com a pele.

De dois anos para cá, houve uma explosão do uso de drones na agropecuária, especialmente em agricultura de precisão, para análise de solo e plantio.

Existem diversos modelos para a agricultura de precisão no mercado, segundo a Embrapa, uso da robótica em sistemas autônomos vem para suprir a ausência de profissionais frente à demanda crescente para aquisição massiva de dados em campo.

Além disso, serve também como laboratório para desenvolvimento de tecnologia nacional, adaptada às condições da Agricultura Tropical.

 

 

Related posts

Planeje a sua safra e aumente os lucros.

13 aplicativos de agricultura totalmente grátis

Colheita de cana-de-açúcar: 5 dicas para otimizar a sua

1 comment

Leave a Comment

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. aceitar leia mais

Privacy & Cookies Policy
error: Content is protected !!